Dermatologia Extratus
OPERAÇÃO ANTIMANCHAS: A HORA É AGORA

As manchas de pele surgem principalmente no verão, quando ficamos mais expostos aos raios ultravioletas do sol. Podem surgir no rosto, no colo ou em qualquer outra parte, de variadas formas e colorações: manchas marrons arredondadas; acastanhadas e na forma de flocos. A boa notícia é que existem tratamentos eficazes para acabar, ou amenizar quase todas essas marcas.

Manchas acastanhadas arredondadas: Normalmente espalham-se nas maçãs do rosto, na testa e no nariz. Apesar de conhecidas como máscaras da gravidez, podem aparecer nas mulheres que fazem reposição hormonal ou tomam pílula anticoncepcional.

Manchas marrons pequenas e difusas: São as famosas sardas. O fator preponderante é o genético, mas o que desencadeia o processo é o acúmulo de banhos de sol. Aparecem principalmente no rosto, ombros, braços e colo de quem tem pele clara.

Manchas acastanhadas (ou senis): São maiores e mais arredondadas que as sardas. Apesar de chamadas de manchas senis, não são exclusividade das pessoas idosas. Os jovens também podem ter esse tipo de mancha. Resultado do acúmulo de danos causados pelos raios solares, aparecem nas áreas do corpo mais expostas no dia-a-dia (rosto, braços, colo e mãos).

Manchas brancas, pequenas e arredondadas: Parecidas com confetes, são chamadas leucodermias solares ou, simplesmente, sardas brancas.Surgem principalmente nos braços e pernas pelo efeito cumulativo do sol, que provoca perda de melanina e, mais tarde, atrofia da pele.

Manchas brancas que descamam: A Pitiríase alba, com limites mal definidos, é confundida com verminose e micose, mas não é uma coisa nem outra. Esse tipo de mancha surge pela ação cumulativa do sol associada ao ressecamento excessivo da pele, impedindo que a melanina se fixe no local. Podem descamar e coçar.

Quando usar o peeling: Os tratamentos só com ácidos demoram de dois a seis meses. Os peelings químicos são usados nos consultórios para acelerar o processo.

Os tipos de peeling:

Suave - age na camada superficial da pele, a epiderme;
Médio - com ácidos mais fortes, destrói a epiderme e renova as células;
Profundo - com alta concentração de ácidos, atinge a derme;

O Dermatologista deve avaliar a coloração de mancha e da pele, se a mancha atingiu a derme ou a epiderme, antes de definir o tipo de peeling a ser aplicado.