Beleza Extratus
CELULITE - Associação de ativos que recuperam o equilíbrio do metabolismo do adipócito e revelam uma silhueta pronta para desfrutar o alto verão

Um caso recorrente entre 90% das mulheres,  a celulite é uma das principais causas de reclamações em consultórios dermatológicos e endócrinos.  Para tentar diminuir essa porcentagem laboratórios do mundo inteiro buscam o desenvolvimento de ativos eficientes para a elaboração de produtos de uso tópico nos setores cosmético e dermocosmético.

Dentre as últimas novidades no assunto estão os dois principais combatentes da gordura localizada e flacidez:  ADIPOREGULINE e XANTALGOSIL.

O excesso de ácidos graxos no sangue, causado principalmente pela má alimentação é, removido pela pele, e esta, o armazena nos adipócitos sob a forma de gordura, processo conhecido como lipogênese. Partindo dessa premissa, os cientistas sabiam que para conseguirem um produto que agisse com eficiência no combate a celulite era preciso diminuir o nível de gordura nos adipócitos. sendo assim, o ativo deveria simular a mesma ação do fígado, quando remove os ácidos graxos do sangue e faz com que a cadeia de gordura armazenada nos adipócitos seja quebrada. Ao chegar às camadas profundas da pele promove a lipólise, ou seja, reverte a ação da lipogênese. e foi o que conseguiram com ADIPOREGULINE e XANTALGOSIL.

Enquanto o primeiro se mostrou capaz de ativar a lipólise por meio da cafeína vetorizada presente em sua formulação e ao mesmo tempo reduzir a lipogênese, devido à sua combinação com o aspartame, o segundo se mostrou muito eficaz sobre todos os tipos de lipodistrofia. Até mesmo as regiões mais esclerosadas são alcançadas, graças à sinergia entre a base xântica e a molécula do silício orgânico, que proporcionou excelentes resultados sobre o AMP cíclico. aqui a ação de liberação de energia das células permite uma ativação da lipólise, transformando a gordura acumulada na céula em ácidos graxos para serem liberados no sangue.